como escolher um bairro para morar

Como escolher um bairro para morar? 4 dicas para te ajudar na decisão

Escolher um bairro para morar não é tão simples quanto parece. Muitas questões precisam ser analisadas para que você faça a melhor escolha.

Por exemplo, é necessário pensar na mobilidade de toda a sua família, até porque sabemos que, na maioria das vezes, temos atividades de trabalho ou estudo fora de casa.

Outros pontos a serem considerados são a questão do comércio local. Afinal, é muito melhor ter a comodidade de encontrar tudo que preciso perto.

Neste artigo, vamos te dar algumas dicas de como escolher um bairro para morar da forma mais assertiva possível. Boa leitura!

Quais são as características de um bairro para morar?

Os bairros são áreas demarcadas, que fazem parte de uma cidade ou município. 

As características de um bairro dizem respeito à formação do local, os moradores, bem como alguns aspectos físicos.

Cada bairro é diferente por uma série de fatores. Veja quais são as principais características de um bairro:

Arborização

Geralmente bairros residenciais são bem arborizados. A qualidade do ar, em lugares com boas quantidades de vegetação, é altamente melhorada.

Além disso, pode-se encontrar alguns parques nessa região, o que pode fazer diferença para as pessoas que gostam de frequentar esse tipo de ambiente ou realizar atividades nele.

Segurança

A segurança é outra característica de um bairro residencial. Na maioria das vezes, a segurança é melhor nesse tipo de bairro.

De qualquer forma, é um ponto a se analisar, pois se sentir inseguro na região onde mora é um fator que incomoda e traz alguns cuidados a mais.

Distância para Trabalho ou Estudos (Mobilidade)

Bairros em Porto Alegre

É preciso pensar na distância para trabalho ou estudo, pois existem alguns cenários de transporte possíveis.

Caso você tenha um transporte próprio, é preciso entender essa distância para pensar nos gastos com combustível.

Para quem precisa utilizar transporte coletivo, é necessário conhecer as paradas ou estações disponíveis na área, bem como a disponibilidade de linhas que levem até o local desejado.

Outro ponto importante é que, quanto maior a distância, mais cedo você terá que sair de casa. Esse fator pode incomodar muita gente, então pense bem.

Comércios

Os bairros residenciais não contam com muitos comércios e serviços disponíveis. No entanto, existem regiões que são para residências, mas também ricas em opções comerciais.

Por isso, é preciso pensar nisso para escolher um bairro que atenda às suas necessidades. As pessoas costumam comprar café da manhã na padaria, fazer compras nos mercados ou até mesmo sair de tarde para tomar um sorvete.

Ter isso perto de casa faz a diferença.

Valorização

Bairros residenciais de boa qualidade podem ser valorizados com o decorrer do tempo

Assim, caso você deseje vendê-lo a longo prazo, pode conseguir muito mais do que pagou no momento da compra.

Como saber o índice de criminalidade de um bairro para morar?

Existem algumas formas de descobrir o índice de criminalidade do seu bairro.

Quando não existe esse dado específico, ainda é possível identificar se um bairro é seguro ou não com algumas dicas. Confira:

  • movimentação: se a região é movimentada, sobretudo pela noite, é possível notar que a região é mais segura;
  • estatísticas: as estatísticas são a melhor maneira de descobrir o índice de criminalidade de um bairro. Geralmente, jornais locais disponibilizam tal informação, mas também é possível consultar a Secretaria de Segurança Pública do local;
  • consulta aos vizinhos: os vizinhos já moram no bairro, portanto já passaram por várias experiências. Pergunte à eles e então será possível saber sobre a segurança local;
  • policiamento: procure saber se existe um bom policiamento local. Em alguns casos, bairros com postos ou instituições da polícia no local podem ser mais seguros.

Como saber se um bairro é bom para morar? 4 dicas especiais para te ajudar

Vamos te passar dicas de como escolher um bairro para morar:

1. Observe a infraestrutura

A infraestrutura é o serviço principal de uma região. Basicamente, ela engloba o funcionamento de saneamento, energia, transporte e telecomunicação.

Desse modo, é fundamental que o bairro tenha uma boa infraestrutura para ser considerado um bom lugar para morar.

2. Converse com a vizinhança

A vizinhança é uma ótima fonte de pesquisa para entender como o bairro funciona.

Por isso, caso tenha interesse em uma casa ou apartamento em determinada região, procure pessoas que moram lá para tirar algumas dúvidas.

Aproveite para perguntar sobre transporte público, comércios e segurança. 

3. Trace seu perfil e suas expectativas para o bairro

Antes de qualquer coisa, é preciso entender qual é o seu perfil para escolher o seu bairro. Isto significa que nem todas as características do bairro serão perfeitas para você.

É preciso levantar as suas necessidades e prioridades e alinhá-las com o que o bairro tem a oferecer. Assim, é possível entender o que você precisa.

Um exemplo prático é de uma família que prioriza a calmaria e, por isso, deve buscar por um bairro tranquilo.

4. Leia notícias e consulte informações oficiais sobre o bairro para morar

melhor bairro para morar

Outra dica é ler notícias e consultar informações oficiais. Tais informações podem ser encontradas no portal oficial do governo local. 

Você também pode encontrar dados em jornais locais, seja de TV ou impresso. 

O que não pode faltar em um bairro?

Um bairro deve contar com, minimamente, uma boa infraestrutura, bem como opções diversas de transporte público e comércio.

O saneamento básico é uma das características de um bom bairro. No entanto, não é a única.

Um bairro de alta qualidade possui diversas opções de comércio, como shoppings centers, restaurantes e bares. 

Contudo, os comércios de serviço também devem estar ao menos próximo da região. Estes são: hospitais, escolas, creches, lava-jatos, pet shops e salões de beleza.

Além disso, se a região conta com boa arborização, ela pode auxiliar na qualidade de vida das pessoas que ali vivem.

Inclusive, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que as cidades tenham a partir de 12 metros quadrados de área verde por habitante.

Se um bairro tem todos esses fatores, ele é um bom lugar para morar.

Como escolher um bairro para morar: avalie suas prioridades conforme o local

Entender as suas prioridades fará a diferença na hora de escolher um bairro para morar. Isso porque existem bairros ótimos, mas que não atendem a sua necessidade.

Por exemplo, pessoas mais jovens costumam aproveitar opções de lazer. Nesse sentido, morar em um local com menos atrações nesse sentido, não seria adequado para esse perfil.

Outro caso seria o de uma família ciclista. Eles decidem por um bairro que parece ter diversas opções de comércio e fácil acesso. No entanto, ele não conta com ciclovias.

Da mesma forma do exemplo anterior, a região também deixaria de servir para essa família.

Por isso, para escolher o bairro ideal para morar em Porto Alegre (RS), a Bridge Imóveis conta com uma pesquisa avançada onde é possível encontrar a melhor região de acordo com o seu perfil.

Conheça os melhores imóveis em Porto Alegre para você e sua família!

Conclusão

Agora você tem ótimas dicas de como escolher um bairro para morar. Leve em consideração os fatores aqui levantados e você terá sucesso em sua escolha.

Conheça o Botanique Residénce, um empreendimento da Melnick Even, no ótimo bairro de Porto Alegre, Petrópolis.

Caso tenha gostado deste artigo, também recomendamos a seguinte leitura: “Comprar ou alugar um imóvel? Saiba qual o mais vantajoso!”. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *