Simulação de financiamento de imóvel: aprenda a calcular!

simulacao-financiamento-imovel

Para quem decide realizar a compra do primeiro imóvel, seja uma casa ou um apartamento, é importante avaliar todas as possibilidades e fazer a simulação de financiamento de imóvel ajuda a tomar as melhores decisões. Você está vivendo este momento?

Para saber como calcular o financiamento de imóvel, sempre funciona entender os fatores que interferem na aquisição do bem. 

Assim, com essas informações em mãos, é possível visualizar todos os cenários para sua negociação e conseguir o imóvel ideal. Confira mais sobre o assunto!

Simulação de financiamento de imóvel: como funciona?

Além do formato tradicional, onde o comprador e vendedor trocam uma quantia de dinheiro pelo imóvel, há também a opção de financiar. Com isso, uma dúvida comum nessa hora é como simular um financiamento imobiliário e como funciona o processo. 

Sendo assim, usar um simulador de financiamento imobiliário é muito simples. Para isso, você apenas precisa digitar o valor do bem que pretende comprar, o tipo do imóvel, o prazo em que vai financiar, a renda familiar, o valor da entrada e informações de contato.

Feita essa etapa, em apenas um clique você consegue uma simulação de valores de parcelas e até uma lista com instituições que podem custear a compra. Assim, você consegue avaliar quais são opções mais vantajosas e que oferecem custos menores.  

Após isso, financiadoras e bancos analisam a saúde financeira e potencial de pagamento para liberar o crédito para a transação. Então, esse valor financiado é dado ao vendedor e as parcelas devem ser pagas a instituição que cedeu o dinheiro.

Com isso, o mais comum é que apenas parte do preço total do bem seja financiada. Logo, o comprador costuma pagar uma entrada com seu próprio investimento, que também pode vir do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS)

Principais vantagens de se utilizar o simulador de financiamento imobiliário

entenda simulação crédito imobiliário

Ao saber como calcular o valor do financiamento de imóveis, você já consegue avaliar se é possível ter o bem agora, ou em quanto tempo pode investir na sua residência. Sendo assim, confira mais vantagens de optar pelo simulador:

  • você consegue avaliar o financiamento com todas as parcelas já para o futuro;
  • é possível somar sua renda com mais um familiar ou pessoa próxima;
  • o simulador permite calcular com o valor do FGTS incluso;
  • você pode ver as tarifas e custos em diversas financiadoras;
  • com os dados, é fácil fazer um bom planejamento para a aquisição. 

Utilizando os cálculos da simulação de financiamento de imóvel, é possível aproveitar as taxas de juros mais atraentes. Por isso, sempre é importante fazer o orçamento com diversas instituições para ter mais alternativas. Além dos bancos tradicionais como a Caixa Econômica Federal e o Itaú, as opções de financiamento do Banrisul também são bem populares entre os gaúchos, principalmente quando se trata de servidores públicos.

Nisso, uma simulação economiza seu tempo, ao evitar que você precise entrar em contato com diversos bancos e financiadoras para ter uma base de valores. Então, aproveite e simule os valores agora mesmo em nosso site:

Encontre seu imóvel dos sonhos e faça já a simulação do financiamento em nosso site!

Fatores considerados na simulação de financiamento de imóvel

fatores a considerar no financiamento de imóvel

Quando você observar um simulador, notará que ao mudar valores de alguns campos, as parcelas podem ficar mais suaves ou mais caras. Isso acontece porque existem fatores cruciais para conferir o potencial de compra como: 

  • renda mensal familiar;
  • idade;
  • entrada;
  • FGTS;
  • taxa de juros;
  • prazo de financiamento.  

Você entenderá cada um desses fatores e o que é necessário para financiar um imóvel nos próximos tópicos. Continue acompanhando como funciona o simulador. 

Você deve analisar qual o prazo que deseja fazer o financiamento. Por isso, você pode fazer em mais tempo ou em menos tempo, de acordo com o seu objetivo. Em geral, o simulador pede um número mensal. Ou seja, cinco anos são 360 meses. 

Além disso, também é importante avaliar a taxa anual, que é a porcentagem de juros que incide nas suas parcelas. O comprometimento de renda mostra quantos por cento do orçamento familiar será ocupado pelo financiamento por mês. 

Dependendo do tipo de acordo, a primeira parcela pode ser mais alta e o valor diminuir conforme houver a quitação da dívida. Por isso, o custo inicial costuma ser mais alto e o valor final, fica mais leve. 

É possível aumentar o potencial do financiamento imobiliário?

Sim! Basta reforçar os fatores considerados durante a negociação. Ou seja, um dos itens é a renda familiar, por isso, ao unir seu salário com outro morador do imóvel, o potencial financeiro cresce. 

Além disso, também é possível acrescentar o investimento do FGTS, que já será uma grande ajuda no processo. Por fim, quanto maior a entrada do imóvel, menores serão as parcelas futuras. 

Sendo assim, tenha esses pontos em mente ao fazer a simulação de financiamento de imóvel. Agora, confira as melhores estratégias na hora de realizar os seus cálculos. 

Dicas de como simular um financiamento imobiliário

dicas para financiar imóvel

Ao avaliar os fatores considerados na simulação, a renda familiar mensal pode ser composta pelo comprador e pelas pessoas que habitarão o imóvel, o que deve ser levado em conta ao escolher casa ou apartamento

Isso é importante, já que as parcelas podem comprometer, no máximo, 30% da renda total. Logo, uma família que tem rendimentos de R$ 20.000 apenas poderá arcar com parcelas de até R$ 6.000 mensais.  

Outro fator importante é a idade, já que a alíquota dos seguros obrigatórios é calculada a partir da faixa etária. Quanto mais jovem a pessoa for, menores são as chances de sinistralidade, o que deixará as taxas mais atrativas. 

Já o pagamento da entrada é obrigatório, sendo, normalmente, 20% do valor total. Assim, quanto maior a entrada, menor será o montante a ser pago. Por sua vez, o FGTS ajuda a compor esse custo, reduzindo o valor mensal das parcelas. 

Geralmente, um crédito está atrelado à taxa básica de juros, a Selic. Se esse índice cai, as taxas de financiamentos ficam menores, melhorando as condições para financiar um imóvel. Isso é um dos motivos que explicam por que investir em imóveis em tempos de crise

Por fim, o prazo também interfere, uma vez que quanto maior o prazo, menores serão as parcelas. Contudo, o valor final pago será mais alto. 

Como interpretar os dados após simular o financiamento de imóvel

Sempre leve em conta a financiadora que trabalha com a taxa anual menor. Esse fator incidirá diretamente nas parcelas mensais. Além disso, também calcule o valor das parcelas multiplicadas pelos meses financiados.

Essa estratégia oferecerá o valor completo do imóvel e quanto você, efetivamente, pagará em juros, o que é um fator a pensar para entender se é melhor alugar ou comprar um imóvel.

O que fazer após calcular o financiamento de um imóvel

Com essas informações, você pode entrar em contato com as instituições financeiras para saber os detalhes do procedimento. Assim, você verá também qual delas oferece menos burocracia para a aprovação da papelada. 

Nessa etapa, confira todo o contato com atenção, para descobrir se existe alguma taxa não mencionada. 

Avalie também todas as cobranças no financiamento, como: alíquotas, despesas, tributos e encargos. 

Portanto, apesar da empolgação do momento, analise cada parte dos documentos e todas as tarifas do processo. Ter atenção a esses detalhes é fundamental para que você realize uma boa negociação. 

Vantagens de realizar a simulação de financiamento de imóvel com a Bridge Consultoria

A Bridge Consultoria oferece para você solidez de mercado, com uma consultoria confiável que atende às suas necessidades. Nossa parceria com grandes instituições oferece a você mais opções para o seu financiamento. 

O atendimento da Bridge é todo pensado para o seu conforto, trazendo muito mais personalização e agilidade. Por isso, você poderá aproveitar as comodidades de simular seu financiamento em nosso site. 

Conclusão

Agora que você já sabe como funciona o financiamento de imóvel e as vantagens de utilizar um simulador, como verificar as tarifas e os custos em diversas financiadoras, além de incluir o valor do FGTS e avaliar as parcelas, você está a um passo da sua nova aquisição. Neste momento, aproveite e conheça quais são os custos para a aquisição de um imóvel

Lembre-se que os fatores como renda mensal familiar, idade, entrada, FGTS, taxa de juros e prazo de financiamento são cruciais para conferir o potencial de compra.

Então, após fazer a simulação de financiamento de imóvel e escolher a financiadora, você já pode começar os trâmites. Com tudo aprovado, basta celebrar a sua conquista, já que ela representa um grande passo na sua trajetória de vida!