saiba a importância e como é feita a avaliação imobiliária

Avaliação Imobiliária: como é realizada e qual a importância?

A avaliação imobiliária é indispensável durante a negociação de uma propriedade. Esse processo define qual é o preço real de um imóvel, contando com diversos fatores, tanto internos quanto externos do bem. 

Por isso, já é fácil notar que a avaliação deve ser toda feita com alta precisão. Logo, é necessário contar com profissionais gabaritados no ramo de imóveis. Agora, entenda mais sobre esse recurso para a sua venda de imóveis e outros trâmites.

Veja como usar o Home Staging para valorizar seu imóvel no processo de vendas!

O que é uma avaliação imobiliária?

avaliação imobiliária

O serviço de avaliação de imóveis é útil para determinar o valor de mercado de um imóvel. Ou seja, você pode saber quanto vale realmente um terreno, casa ou apartamento, além de locais comerciais, rurais, industriais e outros.

A avaliação imobiliária requer grande seriedade e habilidade para a definição do valor correto do bem. Por isso, é essencial ter um profissional capacitado que entenda todo o procedimento para oferecer uma análise correta. 

Nesse momento, opte por um bom avaliador de imóveis, com conhecimentos técnicos e habilidades específicas para precificar sua propriedade. Apenas assim, é possível garantir uma avaliação assertiva e fidedigna.  

O processo traz um levantamento documental, histórico e sobre as imediações para ver o quanto a propriedade valorizou com o tempo. Dessa forma, quando seu imóvel for colocado à venda, não há risco de cobrar menos do que ele vale atualmente. 

Laudo de imóvel

O laudo de avaliação de imóvel é emitido por profissionais de nível superior. Para isso, o especialista deve ser formado nas áreas de arquitetura, engenharia e agronomia. 

No entanto, o corretor de imóveis, com a certificação especializada, também pode fazer uma avaliação de imóveis verbal. 

Ainda que arquitetos, engenheiros ou agrônomos possam realizar a avaliação, é fundamental que o corretor também faça parte do processo. Afinal, ele está em contato constante com o mercado imobiliário e pode oferecer uma visão mais ampla. 

Nisso, apenas fazer uma comparação de preços não é suficiente para avaliar um imóvel. É imprescindível calcular o valor de toda a estrutura, da hidráulica, da fiação, do entorno e de outros elementos que valorizam o bem.

Por que avaliar seu imóvel com um profissional?

Como você pode observar, dar um preço final para o seu imóvel envolve diversos fatores. A avaliação imobiliária traz uma determinação técnica de quanto vale a propriedade. Assim, pode ser utilizada para diversos objetivos, seja para o âmbito judicial ou não. 

Entre as situações mais comuns estão:

  • aluguel;
  • compra e venda;
  • cobrança de tributos;
  • inventários;
  • estudos de dinâmica imobiliária;
  • dissolução de sociedade;
  • seguros;
  • hipotecas;
  • entre outras. 

Então, com esses motivos para fazer a avaliação de imóveis, você consegue evitar desacordos futuros. Em geral, esse procedimento traz muitos benefícios ao comprar um imóvel, vender ou alugar. Veja!

Evita que você tenha que ir à justiça

Sempre é mais em conta fazer um acordo que não precise ir à Justiça. Portanto, a avaliação mercadológica que for executada por uma empresa sem envolvimento direto na negociação é um instrumento para resolver conflitos fora da esfera judicial. 

Concilia o preço em disputas de partes

O acordo em operações comerciais ou em disputas familiares pode chegar a um ponto final, com o valor determinado por um especialista. 

Dessa maneira, ninguém  pensa que está sendo prejudicado por interesses pessoais, já que o corretor será imparcial. 

Traz o parecer técnico sobre o valor na avaliação imobiliária

Também é uma forma segura de conhecer o valor certo do patrimônio quando você for alugar ou vender o bem. 

Com a avaliação de imóveis, não é preciso debater se o preço está fora do esperado, já que o especialista apontou os números corretos.

Pensando nessas vantagens, já é possível perceber por que fazer a avaliação de imóveis é tão importante. Agora, entenda o que o profissional avalia no seu imóvel na hora de bater o martelo sobre quanto ele vale.

Principais critérios para avaliação imobiliária

Avaliar um imóvel pede uma boa metodologia e objetividade, para que aspectos pessoais não interfiram na consideração. Existem diversos métodos, mas há certos critérios que sempre são avaliados. 

Logo, o corretor começa a análise entendendo: a metragem, a pintura e as instalações hidráulicas e elétricas da casa, apartamento ou ponto empresarial. Outro fator para a valorização é se houver a presença de tecnologias da arquitetura sustentável, como painéis solares para a energia. 

Assim, a infraestrutura engloba tanto a parte física do imóvel, quanto a pavimentação do local. Também envolve a presença de espaços de lazer e entretenimento para os moradores, como:  

  • churrasqueira;
  • piscina;
  • quadras;
  • academia;
  • espaço para crianças;
  • salão de festas etc.

Ainda nesse sentido, também entra na avaliação se o imóvel é perto de praças e parques, ou clubes. Entre os fatores analisados ainda está se o bairro é adequado para atividades físicas como corrida e andar de bicicleta 

A própria segurança é de extrema importância, trazendo mais valor de mercado para o bem. Então, ter portaria, sistema de segurança e câmeras são pontos positivos. 

Fora isso, estar perto de comércios, shoppings, escolas, pontos de ônibus e ter fácil deslocamento também contam na precificação.

Quanto custa e quem pode fazer uma avaliação imobiliária de uma propriedade?

Custo avaliação de imóveis

A dúvida sobre quanto custa um imóvel é muito comum, mas também é fácil de resolver. A precificação do imóvel pode ser consultada na tabela própria de cada Conselho Regional de Corretores de Imóveis.  

Há uma variação em cada estado, mas é comum que fique em torno de 1% do valor do imóvel. Isso vale para a avaliação por escrito. 

Já quando se trata de um parecer verbal, o preço é próximo a uma anuidade do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI).  O imóvel pode ser avaliado pelo corretor ou por especialistas em arquitetura, engenharia e agronomia. 

Na maior parte dos casos, apenas a avaliação verbal já é suficiente. Contudo, caso seja necessário, é possível pedir o Parecer Técnico de Avaliação Mercadológica (PTAM). 

Esse documento traz informações e dados que explicam a determinação do valor dado pelo profissional.

Como é o processo de venda de imóvel com a Bridge?

Na hora de fazer a sua avaliação de imóvel, você pode contar com a Bridge. Ter uma empresa experiente e especializada na cidade do seu imóvel evita a perda de tempo com gastos e pedidos desnecessários. 

Todo o processo é claro, simples e prático para ajudar você a vender um imóvel, ou por qualquer outro motivo que seja preciso ter a avaliação do imóvel. 

Por isso, contar com o apoio de profissionais que entendam sobre o ramo é uma ótima forma de acelerar sua negociação. 

Diferenciais da Bridge na venda de imóveis em Porto Alegre

A Bridge ajuda você a ampliar as chances de vender seu imóvel, trazendo os melhores especialistas do mercado. Seu cliente consegue fazer todo o trâmite sem burocracia e 100% online. Com um dia a dia corrido, isso é um grande diferencial para sua venda. 

O trabalho é feito com as principais incorporadoras e construtoras, trazendo o alto padrão como marca empresarial. Então, não perca tempo e conte com quem entende sobre compra e venda de imóveis em Porto Alegre.

Agora que você já sabe o que é avaliação de imóveis, não será pego de surpresa caso precise desse documento. Por isso, se notar que precisa de uma análise correta do valor do seu bem, já solicite esse serviço quanto antes

Avalie e venda seu imóvel com a melhor Imobiliária de Porto Alegre!

1 comentário em “Avaliação Imobiliária: como é realizada e qual a importância?”

  1. Pingback: Dação em Pagamento de Imóveis: entenda tudo sobre o tema! – Blog Bridge Imóveis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *