Home » Meu Primeiro Apartamento: 5 Dicas de Como Se Preparar e Não Errar!

Meu Primeiro Apartamento: 5 Dicas de Como Se Preparar e Não Errar!

como comprar meu primeiro apartamento?

Se você pensa: quero comprar meu primeiro apartamento, mas não sabe por onde começar, então está no lugar certo! 

Aqui você verá dicas fundamentais nessa hora, os erros mais comuns, além da resposta para as questões que os novos proprietários sempre têm.

Sendo assim, acompanhe tudo que você precisa saber antes de fazer a negociação do seu novo imóvel. 

Leia também:

Meu Primeiro Apartamento: 5 Ótimas Dicas para dar os Primeiros Passos e não errar

meu-primeiro-apartamento-dicas

Seja em um local mais popular, ou em um dos bairros mais nobres de Porto Alegre, todas as opções pedem um preparo. Por isso, veja as dicas para essa etapa tão sonhada. 

1. Comece com o Planejamento Financeiro

A compra de um apartamento exige investimentos altos, tanto de dinheiro, quanto do seu próprio tempo.

Por isso, organize o seu orçamento, planeje os gastos mais frequentes e quanto precisará para mobiliar o seu novo lar. 

Então, defina metas e prazos dentro do que você acredita ser suficiente. Nessa hora, as planilhas ajudam muito. 

2. Faça Uma Pesquisa Para Entender o Mercado Imobiliário

Leia reportagens em sites confiáveis sobre o tema, já que o mercado imobiliário sofre influência da economia e política do país.

Pesquise os valores médios nas regiões que você deseja e formas de pagamento oferecidas. 

3. Escolha um Corretor de Confiança

Ter o serviço de um corretor disponível ajuda a tornar toda a compra mais rápida e segura, inclusive para a documentação.

No entanto, é essencial escolher alguém que seja regulamentado, como são os corretores da Bridge que atuam no serviço de intermediação imobiliária. 

Verifique o registro do CRECI (Conselho Regional de Corretores de Imóveis) desse profissional antes de aceitar trabalhar com ele. 

4. Faça Uma Pesquisa sobre a Construtora, Incorporadora ou Imobiliária

Seja a construtora, incorporadora ou imobiliária, não aceite a proposta antes de pesquisar sobre a credibilidade e reputação da empresa.

Veja se elas entregam no prazo, se oferecem imóveis de qualidade e se não apresentam problemas judiciais. 

5. Analise a Documentação do Imóvel

Avalie se todos os documentos e impostos do imóveis estão corretos, em especial quando for um apartamento antigo.

Se puder, conte com o apoio de um profissional da área, agente imobiliário ou advogado. 

Para quem não quer errar nesse momento, o melhor é aprender com a experiência de quem já passou por essa fase. 

Veja as dicas! 

Meu Primeiro Apartamento: 7 Erros Mais Comuns

erros-mais-comuns-na-compra-apartamento

Confira os erros que os novos proprietários mais cometem e veja como fugir deles! Afinal, esse é um momento para ser de comemoração e não com dores de cabeça. 

1. Ignorar o Mercado

Antes de fazer esse investimento, é necessário conferir como está a realidade do mercado imobiliário. Apenas assim você consegue saber se está fazendo um bom negócio.

Veja na internet o preço do metro quadrado na área em que você estiver interessado

Busque grupos de discussão, revistas especializadas e mesmo livros para ter o máximo de informação antes de fazer a compra. 

2. Estourar o Orçamento

Esse erro acontece por falta de clareza sobre o orçamento pessoal. Então, jamais faça um acordo que não comporte o valor que você pode e quer pagar mensalmente.

Fora isso, o ideal é não ficar sem dinheiro nas suas contas ao comprar o apartamento

Afinal, você precisa da sua reserva de segurança para gastos imprevistos com o apartamento, taxas, móveis e outras situações inesperadas. 

3. Não Pesquisar a Construtora, Incorporadora ou Imobiliária

Como essa transação é feita com valores altos, é importante ter ainda mais atenção. Por isso, confira o histórico da construtora, incorporadora ou imobiliária.

Assim, você ficará mais confiante para adquirir seu primeiro apartamento.

Nesse processo, use a internet e confira o site, redes sociais e reclamações sobre a empresa.

Veja ainda os comentários nas postagens das redes sociais. Se possível, converse com clientes antigos e descubra se tiveram algum problema.  

4. Visitar o Local Apenas Uma Vez

Ao visitar o local apenas em um horário, você não consegue entender como funciona a vizinhança.

Então, procure conhecer bem a região, em diversas horas do dia e da noite, além de dias da semana diferentes

Assim, você poderá ter certeza que está indo para um lugar tranquilo e seguro, avaliando as vantagens e desvantagens de cada opção.

O ideal é conversar também com os moradores e perguntar como é o bairro. 

5. Desconsiderar as Despesas Extras

Ainda que você tenha um planejamento perfeito, o dinheiro da entrada ou o total do imóvel, sempre coloque esse valor acima do esperado.

Isso é necessário, porque é comum surgirem despesas extras que podem pesar no seu orçamento mensal.

Então, sempre se lembre dos impostos como ITBI  e o IPTU. Fora isso, considere também as taxas condominiais antes de fechar a negociação.

6. Desconhecer as Formas de Pagamento

Existem diversas maneiras para realizar esse desejo, além de pagar à vista ou fazer um financiamento bancário.

Por exemplo, você pode optar por consórcios imobiliários caso não tenha o montante completo ou não possa arcar com parcelas altas.

Converse também com o proprietário ou a imobiliária e veja quais alternativas estão disponíveis. 

7. Não Ler Atentamente o Contrato

Ainda que todos saibam que é preciso ler o contrato com atenção antes de firmar qualquer compromisso, muitas vezes na pressa ou animação, essa parte é negligenciada. 

Então, leia todas as letras pequenas e veja se está de acordo antes de assinar o documento. Caso tenha dúvidas, procure a orientação de um advogado de confiança. 

Depois de entender o que é essencial e o que jamais fazer antes de entrar no seu primeiro apartamento, veja as questões mais comuns. 

Aproveite também e já conheça os Empreendimentos da Bridge para escolher o que mais combina com você. 

Perguntas Frequentes

primeiro-apartamento-perguntas-frequentes

Na hora de comprar seu primeiro imóvel, em especial quando é o apartamento tão desejado, é comum surgirem muitas inseguranças.

Para ajudar nessa parte, veja respostas práticas para as dúvidas mais comuns nessa fase. 

O que comprar para o primeiro apartamento?

Para a cozinha priorize: fogão, geladeira, talheres, pratos, panelas, copos e acessórios para cozinhar.

Você pode acrescentar liquidificador, micro-ondas, torradeira, batedeira e outros aparelhos secundários para esse cômodo

Em sua sala, o sofá, a televisão e a estante serão os itens fundamentais, mas você pode substituir por seu notebook e a cama. Uma mesa e cadeira também são ótimas opções para não ficar sentado no chão ou na cama o tempo todo. 

Já em seu quarto, tenha uma cama, ou no mínimo, o colchão. Se não gosta de peças espalhadas, invista também no guarda-roupa ou em uma arara. 

Por fim, seu banheiro precisará de itens necessários para a higiene, como: escova, pasta de dentes, shampoo, condicionador, desodorante, sabonete e o que mais usar. 

Talvez você precise mudar as torneiras e chuveiro, além de colocar os tapetes e toalhas. Os demais itens, você pode adquirir aos poucos.

Como funciona o processo de compra de um imóvel?

Para começar, você deve fazer uma pesquisa do mercado imobiliário para entender os valores médios. Depois, avalie a planta do apartamento ou visite as opções preferidas. Então, tenha em mãos todas as documentações que são necessárias tanto do comprador, do proprietário e do próprio apartamento. 

Após isso, você também precisa pagar a taxa de Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), registrar o contrato de compra e venda, emitir o recibo de sinal,  além de lavrar a escritura em cartório.

Qual o valor mínimo para dar entrada em um apartamento?

O valor mínimo para a entrada do seu primeiro apartamento tem como base a renda familiar. Em geral, o valor médio é de 20% sobre o total do imóvel. Já para o restante, você pode fazer um financiamento.

Como montar um apartamento com pouco dinheiro?

Você deve partir do ponto que tem toda a sua vida para montar o seu apartamento do jeito que sempre sonhou. Por isso, não tenha pressa, ou você pode acabar com itens que nem gosta tanto. 

Comece com os móveis e utensílios essenciais, depois distribua o que gostaria de comprar durante os próximos meses pensando no que é urgente, importante ou apenas decorativo. 

Você também pode aproveitar os sites de usados, para conseguir peças mais em conta.  

Como você viu, o projeto “meu primeiro apartamento” não é algo tão complicado quanto parece no início.

Então, tenha a paciência e a perseverança como suas aliadas e construa seu lar aos poucos, até ele ficar da forma que você imagina. Se você quer ver opções diversificadas, não deixe de conferir os tipos de apartamento para comprar em Porto Alegre no site da Bridge.